Notícias

notícias

Notícia

Renovação

Lince agora é Vio

Antes chamada de Lince, a solução agora batizada de Vio traz uma marca modernizada e o combo de tecnologias já reconhecido por permitir que cidadãos e empresas chequem, de forma ágil e segura, a autenticidade de um documento
Imagem ilustrativa com uma mão segurando um celular, e com a outra, um documento impresso. Na tela do celular, há um QR Code, lido a partir do papel. À direita da imagem do celular, há a logomarca do Vio, marca essa que, segundo os idealizadores, é “limpa” e de fácil fixação, características que também ajudarão no reposicionamento do produto no mercado
por Comunicação Institucional do Serpro — 07 de novembro de 2018

Em maio de 2017, o Serpro lançou o código bidimensional Lince que, a partir de então, passou a ser adotado como um importante item de segurança nas novas carteiras de motorista em todo o país. Junto ao QR Code, veio o aplicativo mobile para permitir que as pessoas pudessem validar, de maneira simples e segura, documentos que tivessem o Lince. O escopo do produto foi crescendo, e veio então a disponibilização da API para decodificação desse código. E hoje, neste 7 de novembro, o Lince passa a ser Vio: as mudanças no nome e na marca representam a evolução da solução e o seu reposicionamento no mercado.

A palavra Vio, por ser compacta, propicia uma composição minimalista com traços que remetem ao eletrônico, ao tecnológico. Esse desenvolvimento enfatiza a atividade de inserção de informações em um ambiente seguro, via encapsulamento, através de um QR Code que está retratado em seus traços. Componentes da marca ainda sugerem conexão, tecnologia”, compartilha o chefe de Arquitetura Visual de Produtos e Serviços no Serpro, André Moscatelli.

Claro, nenhum usuário ou contratante do Vio precisa entender de design, deve apenas saber que o Vio é um produto moderno, completo, e certeiro para suas necessidades: pelo app, para iOS e Android, qualquer um pode fazer a decodificação e validação de QR Codes Vio, gratuitamente. Há também a funcionalidade para geração desse QR Code, que pode ser contratada por qualquer instituição pública. Existe, ainda, a API de decodificação de QR Codes (Decodificador Vio), disponível tanto para entes públicos como para empresas privadas.

Um novo nome, a mesma segurança

O código bidimensional que integra a solução Vio, diferente de um QR Code comum que se limita à guarda de informações textuais e específicas de um produto de venda, permite a inserção de texto e imagem criptografados para leitura off-line. Isso tudo vem auxiliando na verificação de identidade e garantindo a integridade de documentos, como dos milhões de carteiras de motoristas e DNIs já em uso pelos brasileiros.

Além de disponibilizar informações de modo rápido e acessível ao usuário, esse código previne fraudes e falsificações de documentos. Cada cliente possui sua chave privada e o processo de codificação deste QR Code é feito com uma chave que nem nós do Serpro temos acesso e que está guardada dentro de um Hardware Secure Module, um dispositivo específico para armazenamento e codificação de informações com base em esquema de chaves”, ressalta o gestor do produto Vio no Serpro, Igor Félix. “Ou seja, é algo altamente seguro e que também fornece uma garantia de procedência”, reforça.

Por falar em brasileiros, em outubro foi sancionada a lei que dispensa reconhecimento de firma e autenticação de cópias de documentos, como forma de desburocratizar os serviços públicos. Vale destacar que o Vio vai ao encontro disso: com a crescente adoção do QR Code Vio nos documentos de identificação dos brasileiros, o órgão de governo que optar por contratar a API Vio vai, inevitavelmente, melhorar o atendimento aos cidadãos, propiciando agilidade na validação da identidade digital e garantindo que o documento apresentado não é fraudado. "O uso do Vio vai além da CNH, DNI, CRLV. O QR Code Vio serve para qualquer instituição pública que necessite gerar um documento digital de qualquer tipo, ou que deseje associá-lo a seu documento físico, para garantia de autenticidade. O QR Code pode ser atrelado também a carteiras funcionais, de diferentes categorias”, frisa o gestor do produto. 

Decodifique

Há duas formas de decodificar o que está contido num QR Code Vio: a primeira é por meio do app Vio que, como citado, é gratuito, e disponível para celulares e tablets. A segunda forma se dá a partir do Decodificador Vio (a API de decodificação de QR Codes) que, segundo enfatiza o gestor Igor Félix, fornece basicamente o mesmo serviço que é feito por meio do aplicativo móvel, mas agregando um diferencial. 

"Uma instituição pública, ou mesmo uma empresa privada, em vez de ter que verificar informações por meio de um telefone, pode querer já armazenar as várias informações em computador. Se tiver a API de decodificação, essa instituição lê o QR Code, por meio de uma pistola laser, por exemplo, já consegue ter os dados, automaticamente, e pode integrá-los aos seus sistemas. E já insere esses dados em seu fluxo de negócio, dando continuidade aos processos com mais segurança, agilidade e garantia de procedência. Essa é a grande vantagem", finaliza o gestor.

Descubra o Vio!
A solução completa é composta de:

- uma funcionalidade para geração de QR Codes Vio, disponível para instituições públicas. Clique aqui para saber mais e ver como contratar. 

 - uma API para decodificação de QR Codes (API Vio), disponível para instituições públicas e privadas. Clique aqui para saber mais e ver como contratar.

 - uma aplicação mobile para decodificação e validação de QR Codes Vio, disponível para cidadãos e instituições, gratuitamente. Clique aqui para saber mais e baixar.

Contato