http://www7.serpro.gov.br/menu/quem-somos/governanca-corporativa/arquitetura-de-governanca/maturidade-em-governanca

Maturidade em Governança

Alinhamento às melhores práticas de governança corporativa

Maturidade em Governança

Maturidade em Governança

O Serpro adota as melhores práticas para evoluir a maturidade em governança. As principais práticas externas que nos guiam são: o Levantamento Integrado de Governança Organizacional Pública realizado pelo Tribunal de Contas da União – TCU e o Indicador de Governança desenvolvido pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério da Economia SEST (IG-SEST). O desempenho nesses referenciais é aferido por órgãos de fiscalização e controle e permitem a comparação do nosso nível de maturidade com outras instituições públicas.

Além de acompanhar e realizar ações para melhorar o desempenho em referenciais de governança externos, o Serpro também monitora e acompanha periodicamente um conjunto de indicadores de governança e do planejamento estratégico.

Levantamento Integrado de Governança Organizacional Pública – TCU: instrumento de autoavaliação integrado que reúne os quatro temas abordados nos levantamentos realizados pelo TCU: tecnologia da informação, gestão de pessoas, contratações, e resultados. O índice é uma combinação ponderada dos indicadores do levantamento e funciona como um Raio-X da empresa, dando um único número para representar seu grau de maturidade em governança.

O iGG varia entre 0.00 e 1.00, e cada valor é catalogado como um nível: Inicial (até 0,4), Intermediário (entre 0,4 e 0,7) e Aprimorado (acima de 0,7). Na avaliação de 2018 o Serpro atingiu o valor de 0.79, o que nos coloca no nível Aprimorado. Nesse nível ficaram 9% do total de 498 entidades (estatais, ministérios, tribunais, instituições de ensino, hospitais, entre outros) com respostas validadas pelo TCU.

 

Baixe aqui o Levantamento de 2018 do TCU sobre o Serpro

Baixe aqui o Voto e Relatório Completo da Análise do Levantamento Integrado de Governança de 2018 do TCU

 

Selo IGSEST Nível 1Indicador de Governança da SEST - IG-SEST: instrumento de acompanhamento contínuo desenvolvido pela SEST com o objetivo de avaliar o cumprimento dos requisitos exigidos pela Lei 13.303 e Resoluções da CGPAR, que buscam implementar as melhores práticas de mercado e maior nível de excelência em governança corporativa nas empresas estatais federais.

  • 4º ciclo de avaliação do IG-SEST (junho/2019): O Serpro recebeu a certificação IG-SEST Nível 1, com nota 10,0. Mantivemos o nível 1, agora com nota máxima.
  • 3º ciclo de avaliação do IG-SEST (setembro/2018): O Serpro recebeu a certificação IG-SEST Nível 1, com nota 9,38. Mantivemos o nível 1, agora como única empresa de TI nesse nível de avaliação.
  • 2º ciclo de avaliação do IG-SEST (maio/2018): O Serpro recebeu a certificação IG-SEST Nível 1, com nota 9,5, apenas 0,5 ponto distante da nota máxima. Em seis meses saltamos de uma nota 6,14 para 9,5, ficando entre os 16 representantes do Nível 1.
  • 1º ciclo de avaliação do IG-SEST (novembro/2017): O Serpro recebeu o certificado "IG-SEST Nível 2". Das 48 estatais avaliadas pela SEST, o Serpro figurou entre as 12 melhores.

 

Ciclo avaliação do SEST: um questionário aplicado a cada dois anos que tem por objetivo avaliar o desempenho das empresas estatais nas práticas relacionadas aos macrotemas Processos Internos, Pessoas, Clientes e Sociedade. O primeiro ciclo dessa avaliação foi realizado em 2015, ainda pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais - DEST. A última aplicação foi em 2017 através de um questionário com 61 questões, distribuídas em 3 dimensões, resultando em 269 práticas. A pontuação do Serpro no ciclo de 2017 foi de 1,982, sendo que a pontuação máxima é 1 e a pontuação mínima é 4, para um melhor entendimento e para consultar as práticas que demandam melhorias disponibilizamos o resultado apurado do levantamento.

 

Indicadores de Governança Corporativa: alinhados ao Estatuto Social do Serpro, à Legislação e às orientações dos órgãos de fiscalização e controle. A maioria dos  indicadores apresenta série histórica e possibilita o benchmarking com outras empresas do mesmo setor.

 

Indicadores do Planejamento Estratégico: definidos conforme o desafio empresarial para o ciclo estratégico vigente.

 

Contato